Natal e Voluntariado: 8 sugestões para presentear o mundo fazendo o bem!

29/11/2018 19:57

Dezembro chegou e com ele a pergunta "como estão os preparativos para o Natal?". A indagação, aqui, não se refere a panetone, ceia e amigo secreto (que, claro, são ótimos!), mas do que realmente importa: o espírito de solidariedade desta época do ano.

A noite de 24 de dezembro, afinal, celebra o nascimento de Cristo e as mensagens de bondade que o cercam. Se você ainda não começou a pensar em ações de voluntariado para realizar com seus colegas nos próximos dias, o Portal traz sugestões criativas para surpreender até o Papai Noel e mostrar que fazer o bem é o melhor presente que há.

Dá uma olhada:

 

Atendendo pedidos de bons velhinhos

Quando falamos em bons velhinhos, pensamos no Papai Noel, mas há muitos que hoje vivem em abrigos, longe da família e dos amigos. E, apesar da idade avançada, os desejos nessa época são os mesmos desde a infância: presentes legais e carinho.

Pensando nisso, algumas ONGs e asilos criaram uma ação bem bacana, para a qual você e seus amigos podem contribuir. Os idosos escreveram seus pedidos de presente de Natal e foram fotografados. Cabe agora aos voluntários ajudar a tornar esses sonhos realidade.

Um exemplo é a Fundação José Carlos da Rocha, que atua no interior de São Paulo e de Minas Gerais. O senhor Alquides, na foto abaixo, por exemplo, quer ir a um pesque-pague. Ele mora no Lar São Vicente de Paulo, em Delfinópolis (MG).

(Foto: Fundação José Carlos da Rocha | Facebook)

A mesma iniciativa acontece no Projeto Envelhecer, de Santarém (PA), no Asilo Santa Isabel, em Santiago (RS), e em muitos outros locais, de norte a sul do Brasil.

Que tal ajudar essas iniciativas ou replicá-las em sua cidade? Visite um abrigo, conheça os sonhos desses verdadeiros bons velhinhos e junte seus amigos voluntários para realizar esses pedidos!

 

Ceia para quem mais precisa

Ceia de Natal é aquela fartura...comida e bebida para todos, alegria em volta da mesa e muita troca de presente. Porém, infelizmente, há gente que não tem condições de viver esse momento.

Voluntários da ONG SP Invisível estão coletando recursos para prover um bom jantar no dia 24 para mil pessoas em situação de rua da capital paulista. No ano passado, o arrecadado permitiu distribuir 700 pratos e 300 marmitas. Contribua para a ação se repetir este ano ou junte seus colegas para fazer algo parecido em sua cidade.

O espírito natalino (e muitas pessoas que precisam) agradece!

(Foto: Ceia de Natal SP Invisível 2017 | Facebook)

 

Calor humano para quem está longe da família

Aproveitando a receita da ceia para pessoas em situação de rua, mostre para os refugiados que vieram para o Brasil que somos um país que entende o espírito de Natal. O projeto Meu Amigo Refugiado, inciativa da ONG Migraflix, estimula o acolhimento de pessoas que fugiram de seus países, muitas vezes deixando a família, nesta data tão especial. A ideia é que os estrangeiros possam ter uma ceia como a que tinham em casa ou mesmo conhecer as peculiaridades nacionais desta tradição tão gostosa. Vale recebê-los em casa ou mesmo promover uma refeição digna e cheia de amor. Assista no vídeo abaixo um desses momentos especiais. Cadastre-se no site e faça parte! 

 

 

 

Natal dos livros

Em meio a tantas opções, que tal aproveitar e ainda dar um toque educacional a sua ação? Não deixe de presentear pequenos e adultos com livros. As palavras fazem a mente viajar mais rápido que o trenó do Papai Noel!

 

Campanha online contra a fome

Para quem não teve tempo de se mobilizar, não há problema. O que vale é fazer o bem, seja lá como. Uma das maneiras é apoiar campanhas online, como a Contra a Miséria e a Fome, da ONG Ação da Cidadania. Neste Natal, ela está recolhendo contribuições para comprar cestas básicas para famílias que precisam. A participação é simples: basta clicar aqui e adquirir um pacote de alimento. Como diz a ONG, a fome não é fake, então precisa ser erradicada mais rápido que o trenó do Papai Noel.

 

Pais presos, crianças com Natal

A ONG norte-americana Prison Fellowship teve uma ideia interessante: com o lema “toda criança tem uma história”, ela promove uma noite de Natal feliz para pequenos cujos pais estão presos. A ação melhora o clima nas prisões, pois mostra aos pais que seus filhos não estão totalmente desamparados nessa data. Para fazer isto se tornar realidade, aceitam doações e voluntários para proporcionar esse momento. Até o fim de novembro, eles já haviam obtido parcerias para atender a 270 mil crianças nos EUA – 10% do número cujos parentes estão cumprindo pena. Legal, não?

 

As crianças pedem presente. E recebem!

Esta forma de celebrar o espírito de Natal é uma velha conhecida, mas nunca deixa de mexer com o coração. Há 29 anos a campanha Papai Noel dos Correios recebe cartas endereçadas por crianças ao comandante do trenó movido por renas e as disponibiliza para quem puder atender os pedidos. As cartas estão disponíveis em várias agências da empresa (confira os endereços de seu estado aqui). Em algumas regiões é possivel escolher uma cartinha pela internet.

Pegue alguns destes envelopinhos, coloque-os em uma caixa de presente em sua empresa e estimule seus colegas a abri-los e realizar esses pedidos. É a crença de centenas de crianças no bom velhinho que está em jogo!

 

Não são gente, mas também merecem

Ah, não esqueça também dos nossos amigos de quatro patas! Alguns abrigos de animais também precisam de ajuda, seja ela financeira, física ou mesmo emocional. Vale a pena averiguar se há alguma ONG de adoção de animais por perto ou um abrigo para mostrar seu apoio aos amigos peludos e penados.

E você? O que está planejando para o Natal? Cadastre aqui na nossa rede!