Projeto 'Apenas Ame' precisa de voluntários para realizar ação social em João Pessoa

10/10/2017 12:48

O Projeto "Apenas Ame' vai realizar no próximo dia 18  de novembro uma grande ação social e de cidadania e para isso está precisando de voluntários. De acordo com os organizadores, serão necessárias cerca de 25 mil pessoas para a realização de todas atividades. Os interessados em participar das ações podem acessar o site: www.apenasame.com.

De acordo com um das coordenadoras do Projeto, Priscila Teixeira, a ação visa englobar toda a cidade. Entre as atividade estão a reforma de uma escola estadual e municipal de cada bairro onde todas as crianças destas escola receberão atendimento odontológico e terão um dia de brincadeiras e lanche. Além disso, os professores receberão treinamento a cerca do trabalho infantil e tráfico humano.

Ainda como parte da programação, será oferecida assistência jurídica nos presídios e evangelização dos detentos. "Daremos banho em todos os moradores de rua, todas as profissionais do sexo receberão uma rosa, e teremos evangelismo nas ruas, doação de roupas, bíblias, cestas básicas, entre outras coisas", destacou Priscila Teixeira.

"Tudo acontecerá simultaneamente em um mesmo dia, para que neste dia 18 de novembro João Pessoa inteira possa parar para amar o próximo, não apenas da boca pra fora, mas um amor que percebe e entende a alma do outro fazendo com que ele se sinta único e especial. Nosso intuito é que depois do dia 18 de novembro, João Pessoa possa despertar como um povo que se importa com o outro, com os esquecidos da sociedade, aqueles que as pessoas não enxergam para que através do amor eles possam voltar a sonhar e ter esperança", explicou.

De acordo Priscila Teixeira a partir da constatação de que diante de tantas histórias, o homem não pode ignorar a dor do outro tornando-o invisível ou desacreditando que ele é único e que há um amor que move o coração para estender às mãos e lutar contra o que passou, porque o amor une pessoas, rompendo suas diferenças para trazer alegria, justiça e esperança foi que um grupo de jovens, de diversas profissões como advogados, motoristas de ônibus, designers, professores, empresários, costureiras, engenheiros, administradores, gerentes, arquitetos, estudantes, dentre outros, se uniram para transformar a cidade de João Pessoa através de várias ações sociais a serem realizadas no dia 18 de novembro. " O fator que une todas essas pessoas é acreditar que olhar para o outro com amor nos faz lutar com um amor que pulsa por uma sociedade mais justa, digna, esperançosa e cheia de vida", comentou.

Para ela, o Dia 18 de novembro será o dia em que pessoas se unirão para falar e viver a realidade prática do amor que impulsiona o homem a se responsabilizar e lutar pelo que acredita. "A política, os noticiários e as estatísticas não podem definir o poder da união das pessoas em prol da comunidade. Precisamos acreditar que podemos contribuir para liberdade da alma que traz vida e retira a dor que paralisa o homem de sorrir e sonhar", afirmou.

"Olhar para o outro deixando de lado todos os julgamentos e preconceitos diante da sua aparência é, sem dúvida, o primeiro e mais difícil passo para que a transformação aconteça. O homem tende, mesmo que inconscientemente, a criar concepções pelo que os olhos veem, ainda que se saiba que não dá para ver com os olhos o que há no coração", finalizou.

 

Fonte: www.paraiba.com.br

Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se