ONG Internacional lança campanha global para combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

15/05/2017 12:15

Com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes, a ONG Internacional World Vision (Visão Mundial) faz campanha global de mobilização e enfrentamento do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes. A campanha #ItTakesAWorld é uma das atividades que marcam o dia 18 de maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O lançamento nacional da campanha acontece em diversos municípios brasileiros:

  • Rio de Janeiro (RJ)
  • São Paulo (SP)
  • Recife (PE)
  • Salvador (BA)
  • Fortaleza e Sertão do Ceará(CE)
  • Jequitinhonha (MG)
  • Sertão Alagoano (AL)

Dentre as atividades programadas, estão previstas ações circenses, palestras, passeatas públicas, seminários, exibição de filmes e documentários, e bate papo com a população. A campanha tem como objetivo mobilizar a sociedade convocando-a a participar da conscientização deste problema social tão recorrente atualmente. (Veja programação específica de cada cidade ao final da matéria).

O 18 de Maio

Em 2000, o dia 18 de maio foi constituído pela Lei Federal n° 9.970 como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Essa data foi escolhida em razão do crime que comoveu toda a nação brasileira em 1973, o Caso Araceli, em que uma menina de 8 anos de idade foi assassinada após ter sido violentada em Vitória, no Espírito Santo.

A intenção é destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta de prevenção e combate à violência sexual contra crianças e adolescentes. É preciso formar uma consciência nacional para denunciar e romper com esse ciclo de violência.

Esse ano, mais uma vez, em alusão a essa data, a Visão Mundial, vem ressaltar as inúmeras violações que têm acarretado na vida de crianças, adolescentes, suas famílias e comunidade. Em razão desse contexto, faz-se de extrema importância que o movimento de defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes se articule, se insira, participe e incida nesse debate.

Como denunciar

As denúncias de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser feitas no conselho tutelar mais próximo ou para o Disque Denúncia Nacional – Disque 100, um serviço de utilidade pública, que recebe e encaminha denúncias de violências contra meninos e meninas.

Desde que o governo federal implantou o serviço, em 2003, os números de atendimentos e denúncias recebidas aumentam a cada ano. Os dados mostram que, de março de 2003 a março de 2011, o Disque 100 recebeu 52 mil denúncias de violência sexual contra este público.

Apenas no ano de 2014 foram registradas 24.575 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes no Brasil. Desses casos, 19.165 foram de abuso e 5.410 de exploração sexual infantil. Em 2015 houve mais de 17 mil denúncias de violência sexual no Brasil, isso equivale a aproximadamente 2 denúncias por hora, sendo 70% entre meninas.

Além de violência sexual, o Disque 100 recebe denúncias de maus-tratos, negligência, pornografia, entre outros crimes. A maior parte das denúncias recebidas pela central são contra meninas, 62%. Esse número sobe para 81% quando as denúncias são de violência sexual.

A ligação é gratuita e o usuário não precisa se identificar. O Disque 100 funciona todos os dias, das 8h às 22h e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita para o número 100; e do exterior pelo número telefônico pago 55 61 3212-8400 ou pelo endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.br.

Diferença entre Abuso e Exploração Sexual

O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos.

As duas situações são crimes de violência sexual.

 

Prevenção

A melhor maneira de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes é a prevenção. É necessário um trabalho informativo junto aos pais e responsáveis, a sensibilização da população em geral, e dos profissionais das áreas de educação e jurídica, com a identificação de crianças e adolescentes em situação de risco, e o acompanhamento da vítima e do agressor.

AÇÕES

São Paulo (SP)

17/5, quarta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h

Ação na Escola Estadual João Kopke

Oficinas de Fanzine (literatura marginal); Graffiti; Clown (palhaço) e hip hop/break com as crianças e adolescentes da escola. Todos os oficineiros estarão brifados quanto ao tema do Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual, celebrando com os alunos boas práticas de enfrentamento, oferecendo expressões artísticas diversas para as crianças e adolescentes da escola, localizada em território de extrema vulnerabilidade. Ações afirmativas ampliam o repertório do sujeito, promovendo transformação. #ItTakesAWorld, para acabar com a violência contra a infância.

Endereço: Alameda Cleveland, 331 – Campos Elíseos /SP.

18/5, quinta-feira, das das 14h às 17h

SEMINÁRIO: “Todos juntos pelo fim da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”

A intenção é conscientizar o público sobre a temática de enfrentamento da violência sexual de crianças e adolescentes. O evento terá a presença da vereadora Patrícia Bezerra, da Secretaria de Direitos Humanos e cidadania da PM São Paulo; Débora Fahur, da RENAS São Paulo; Terezinha Candieiro, coordenadora internacional do Pepe Network; Marilene Oliveira, consultora da Rede Claves do Uruguai; Denise Maria da Silva, do Projeto Aprendendo a dizer NÃO; e do Doutor Eduardo Dias, do Ministério Público Estadual.

Inscreva-se em maquinadobem.wufoo.eu/forms/xugxjhl1u7rp29/

Local: Praça Princesa Isabel, 233 (prédio da Primeira Igreja Batista de São Paulo)

Realização: Visão Mundial, Primeira Igreja Batista de São Paulo, GT Criança e Adolescente da Rede Social do Centro e Coordenação de Políticas Públicas de Criança e Adolescente da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania.

 

Fortaleza

16/5, terça-feira, das 15h às 17h

Encontro com blogueiras para debater o tema e criar conscientização sobre o Enfrentamento a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento Chá Com Visão reúne as blogueiras Mileide Mihaile, Melissa Gurgel, Isabele Timoteo, Marina Benevides, Suzy Valerio, Livia Brasil, Vitoria Rocha, Andressa Rizzon, Camila Lima, Priscila CBO.para a conscientização sobre o Enfrentamento a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes.

Local: Café Viriato - Rua Oswaldo Cruz, 2828

Evento fechado.

18/5, quinta-feira, das 14h às 17h

Audiência Pública solicitada pelo Fórum DCA e RENAS, para a apresentação da publicação “Monitoramento da Política Pública de Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual”.

Evento aberto ao público) – Público 100 presentes (Alcance de toda Ceará pela TV Assembleia Assembleia Legislativa do Ceará

Local: Avenida Desembargador Moreira, 2807

20/5, quinta-feira, das das 8h às 11h

Caminhada “Queremos Atendimento” na Beira para conscientizar as pessoas sobre o atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. Uma denúncia ao poder público que não tem investido nos instrumentos de atendimento as vítimas. (Evento aberto ao público).

Público esperado: 500 pessoas

Local: Beira-Mar Fortaleza

 

Recife

17/5, quarta-feira, às 10h e às 16h

Mobilização Lúdica Circense em Parceria com a Escola de Circo/Circo da Trindade e Escolas. Apresentação Circense sobre o Tema do abuso.

Programação: Espetáculo de reprises de palhaços com Tecnicas de palhaçaria, malabrares, mágica, acrobacia de solo, dança e equilíbrio - incluindo o tema do abuso sexual no decorrer da apresentação. 

Local: Escola Erundina Negreiros de Araujo - R. Erundina N. de Araújo - Corrego do Jenipapo

Público alvo – Crianças e Adolescentes 

Distribuição de Pipoca e Algodão Doce - ao final do evento. 

Ação fechada para alunos da escola e seus educadores. 

OBS: A Escola atende cerca de 350 crianças e adolescentes.

18/5, quinta-feira, às 10h e às 16h

Mobilização Lúdica Territorial em Parceria com a Escola de Circo/Circo da Trindade e Escolas

Programação: Espetáculo de reprises de palhaços com Tecnicas de palhaçaria, malabrares, mágica, acrobacia de solo, dança e equilíbrio - incluindo o tema do abuso sexual no decorrer da apresentação. 

Público alvo – Crianças e Adolescentes 

Ação fechada para alunos da escola e seus educadores 

OBS: A Escola atende cerca de 800 crianças e adolescentes

Local: Escola Estadual Comandante Luis Gomes - Av. Ver. Otacílio Azevedo, 2567 - Casa Amarela

 

Rio de Janeiro (RJ)

15 a 18/5, segunda a quinta-feira, manhã e tarde.

Oficinas com as crianças e adolescentes dos Programas sobre violência e auto proteção e exibição de Vídeos sobre o tema. Plano de Aula sobre o tema para as Crianças do Ensino Fundamental I e II. Vídeos que serão utilizados:

Crescer sem violência, das duas series:

"Que Abuso é esse?" e "Que Exploração é essa?". O Episódio 1 do "Que abuso é esse?" www.youtube.com/watch?v=fsUWq800rF4.

Também os vídeos da Visão Mundial: Prevenção à violência sexual -www.youtube.com/watch?v=VEI-fotjpYg&t=24s e 

Aprendendo sobre a proteção infantil: www.youtube.com/watch?v=L3lt7Juutzw

Escolas: Escola Municipal Newton Gonçalves e Escola Municipal Vale do Tinguá

Participantes: Alunos das escolas educadores do PDA e Crianças das comunidades atendidas.

17/5, quarta-feira, das 8h às 13h

Seminário sobre Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual – promovido pelo Comitê de Megaeventos do Rio.

Local: Auditório do Centro Integrado de Comando e Controle – CICC – Rua Carmo Netto, s/n, Cidade Nova.

Programação:

8:00 - 8:30 - Credenciamento e Coffee Break

8:45 – Atividade Cultural - “Projeto Som + Mais Eu” da Providência

9:00 – Mesa de Abertura - Coordenação Colegiada do Comitê

10:00 – Conferência: “As Violências Sexuais contra Crianças e Adolescentes na contemporaneidade: avanços e desafios”

Palestrantes: Maria América Ungaretti (ECPAT Brasil) e Rosana Morgado (UFRJ). Moderadora: Norma Sá – Instituto Promundo

10:50 – Debate

11:20 – Painel: “Boas Práticas” acerca do trabalho realizado em rede de atendimento às violências sexuais contra crianças e adolescentes.

12:20 - Debate

12:40- Encerramento

18/5, quinta-feira, das 14h às 17h

Seminário A Atuação multiprofissional no Enfrentamento da Violência Sexual de Crianças e Adolescentes promovido pela Secretaria de Ação Social e Cidadania do município de Belford Roxo.

A Visão Mundial irá participar da mesa do Seminário apresentando a experiência da metodologia Um Lugar Seguro e da Vacinação pelos Bons Tratos.

Local: Auditório da UNIABEU em Belford Roxo -R. Itaiara, 301 - Centro, Belford Roxo. Professores da Rede Municipal

18/5, quinta-feira, das 14h às 17h

Fórum Contra Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Local: Faculdade Mackenzie – Rua Buenos Aires,283- 6º andar.

Evento aberto ao público.

Composição das mesas: Liliane Lo Bianco- Conselheira Tutelar e psicóloga; Joseana de O. Menezes Galvão- Médica, pós graduada em sexualidade e terapia familiar sistemática; e Beatriz Abraão- Especialista em Processo penal graduada pela EMRJ.

 

Salvador (BA)

16/05, terça-feira, das 10h ao 12h e das 15h às 17h

Roda de conversa sobre o tema Combate a abuso e exploração sexual, Mostra de Vídeo e Construção de Painel nos Colégios Estaduais Santa Rita de Cássia (no período da manhã) e Colégio Estadual Clarita Mariane (no período da tarde). Participarão alunos da escola, educadores do PDA Okan e professores das escolas.

17/05, quarta-feira, das 9h ao 12h

Ato com as crianças - Exibição do curta “Não esconda de Ninguém”.

Local: Espaço Cultural Alagados

17/05, quarta-feira, das 13h às 17h

Caminhada - Levar as crianças na comunidade para a entrega das flores para as pessoas, deixando uma mensagem de positividade para todos. Praça em frente ao PDA Santa Luzia. Alunos da Escola Comunitária Luiza Mahin e Educadores da REPROTAI.

Local: Praça em frente ao PDA Santa Luzia

18/05, quinta-feira, das 08:30 às 12:00

Seminário: "Esquecer é Permitir, Lembrar é Combater."

A importância do depoimento especial e as estratégias para o cumprimento da lei 13.431 de 04 de abril de 2017.

Visão Mundial, MJPOP, REPROTAI, Cluster Salvador

Local: Bairro de Nazaré no Auditório do Ministério Publico

19/05, sexta-feira, das 15h às 17h

Caminhada 18 de Maio

Será realizada uma caminhada no território de Santa Luzia em conjunto com o PDA Okan. O percurso será do largo dos mares até o final de linha do Uruguai com a presença de parceiros, jovens e adolescentes dos PDA´s.

Local: Território do Uruguai.

Participação: Equipe do Okan, Santa Luzia, escolas, associações e igrejas parceiras.

23 a 25/5, terça à quinta-feira, das 19h às 20h

Exibição de vídeo O silêncio de Lara sobre o tema Combate a abuso e exploração sexual no Cinema Dikebrada.

Estarão presentes equipe do Okan e comunidade.

26/5: 19h às 21h

Sarau 15Ideia.

Atividades Lúdicas e apresentações culturais.

Atividades Lúdicas : Pula Pula, Pintura de rosto, brincadeiras infantis

Apresentações Culturais: Grupo de Dança Black Dance; Graffit Maô; Música com o Grupo JACA ( Juventude Ativista de Cajazeiras)

Local: Praça do Viatinã, Rua João de Bairros

 

Sertão Alagoano (AL)

15/05, segunda-feira, às 9h:

Audiência Pública convocada pelo vereador Siderlane Mendonça na câmera de vereadores. É esperada a presença da população em geral e organizações da sociedade civil. A sessão pública discutirá sobre o Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual da Criança e do Adolescente, vivenciada diariamente pela população maceioense. Haverá também ação de "Vacinação simbólica Contra a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes" de público passante no entorno da Câmera de Vereadores no dia da audiência pública para atingir a população passante no entorno da Câmara de Vereadores. Além disso, durante a Audiência Pública e no entrono da Câmara de Vereadores, será distribuído material de sensibilização contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Local: Câmara de Vereadores – Maceió.

02 a 15/05, manhã e tarde:

Palestras de sensibilização sobre violência sexual contra crianças e adolescentes em escolas municipais e estaduais da área de abrangência do PDA Mundaú, em parceria com Conselho Tutelar, CREAS e CRAS.

Bairros: Vergel do Lago, Levada e Cambona – Maceió.

Alunos e pais do 1º ao 5º ano – ensino fundamental. Mais de 10 escolas. Realização de atividades lúdicas no espaço escolar como contação de histórias, entre outros. Definir.

18/05, quinta-feira, às 9h:

Caminhada juntamente com parceiros locais.

Bairro: Vergel do Lago – Maceió.

Alunos e pais das escolas públicas municipais e estaduais. Caminhada pelas ruas do bairro para dar visibilidade sobre o tema para moradores e população em geral. 

20/05, sábado, às 16h:

A Visão Mundial fará uma palestra de sensibilização e formação sobre o tema cdo 18 de Maio com a participação de Marluce Pereira, Assistente Social e Técnica de Referência da SEADES (Secretaria do Estado da Assistência e Desenvolvimento Social).

Bairro: Ponta Verde - Maceió

 

Jequitinhonha (MG)

Itinga-MG

16/05, terça-feira, às 8h:

Encontro de formação na temática de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes com a palestrante Márcia Melo.

Local: Salão da AMAI – Rua Cônego Carlos, 278 Alto do Cruzeiro.

18/05, quinta-feira, às 7h:

Grande caminhada informativa com escolas e igrejas da cidade, saindo de dois pontos às 7h, sendo eles: Campo gramado do Bairro Planalto e Escola. Manoel da Silva Gusmão, no bairro Porto Alegre. As duas caminhadas se encontrarão no Poliesportivo Municipal. De lá, segue para o Bairro cidade nova, onde teremos algumas falas finalizando depois deste momento no Poliesportivo com um lanche.

Caraí –MG

15 e 16/05, segunda e terça-feira, às 9h:

Oficinas informativas e rodas de bate-papo sobre o tema de exploração sexual de crianças e adolescentes com Crianças e familiares. O objetivo é contribuir na formação de famílias quanto as formas de proteção das crianças e adolescentes. A ação tem como parceiros Escolas Municipais e Líderes Comunitários. A ação acontecerá na escolas das comunidades Corujas, Ribeirão de Santana, Queixadinha e Vila Nova.

17/05, quarta-feira, às 8h

Oficinas informativas e rodas de bate-papo sobre o tema de exploração sexual de crianças e adolescentes com Crianças e familiares na sede do município – Escola Estadual Professor Abgar Renault.

17/05, quarta-feira, às 19h

Seminário e bate papo com Pastoras, mães e menina, com a temática Pelo fim da violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes

Local: Igreja Presbiteriana Renovada

18/05, quinta-feira, às 11h:

Passeata na sede do município. A ação acontecerá mobilizando atores e parceiros de toda a cidade pelo fim do abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes.

18/05, quinta-feira, às 13h:

Passeata informativa na comunidade Maranhão.

 

PONTO DOS VOLANTES – MG

16/05, terça-feira, às 8h

Oficinas informativas e rodas de bate-papo sobre o tema de exploração sexual de crianças e adolescentes com Crianças e familiares nas comunidades: Morais, Santana do Araçuaí e Escola Municipal Maria Geralda.

17/05, quarta-feira, às 13h

Seminário e bate papo com Pastoras, mães e meninas, com a temática pelo fim da violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes.

Local: Salão do Sindicato dos Trabalhadores rurais de Ponto dos Volantes.

19/05, sexta-feira, às 8h

Dia lúdico de luta conta o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes com apresentações, palestras, oficinas. Local: Escola Municipal Maria Geralda.

 

Sobre a Visão Mundial

Maior ONG humanitária do mundo, a Visão Mundial Brasil integra a parceria World Vision International, que está presente em cerca de 100 países. No País, a Visão Mundial atua desde 1975 em 10 estados, beneficiando 2,7 milhões de pessoas com projetos nas áreas de educação, saúde/proteção da infância, desenvolvimento econômico e promoção da cidadania.  

 

Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se